CORONAVÍRUS

Saúde de Catiguá (SP) confirma primeira morte pelo novo coronavírus

Publicada em 23/06/20 às 16:34h - 968 visualizações

por GAZETA DO INTERIOR.


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Luiz Aranha)

A Secretaria de Saúde de Catiguá (SP), confirmou a primeira morte por COVID-19, na cidade. O óbito foi registrado no último domingo (21/06/2020).

Segundo o município, o paciente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), de Catanduva (SP). A vítima era um idoso acima de 60 anos de idade, segundo a Secretaria.

Até o último boletim divulgado nesta última segunda (23), a cidade possuía 34 casos confirmados do novo coronavírus. 54 pessoas estão em quarentena e o município possui ainda 26 casos suspeitos da doença.

Do total de casos, 15 pessoas continuam em tratamento domiciliar e 18 felizmente já estão curadas. No momento não há nenhum paciente internado com a doença, segundo o boletim.

Em vídeo divulgado nas redes sociais ontem, a secretária de saúde da cidade, Rona Marina, pediu, mais uma vez, a colaboração e a compreensão da população para evitar a proliferação do vírus. Novas medidas foram adotadas no município.

“Por conta da falta de medicação para entubação em hospitais, agora dependemos de um sistema para regulação, então se não tivermos vagas no Emílio Carlos, em Catanduva, o paciente poderá ir para Novo Horizonte ou para o HB em Rio Preto ou até para um raio de 300 quilômetros. Estamos preocupados, porque no último fim de semana demoramos duas horas e meia aguardando vaga para poder regular um paciente”, disse a secretária.

Como forma de isolar as unidades de saúde, a secretária disse que a Unidade Básica de Saúde (UBS), Hélio Reis, passa a ser agora para atendimento exclusivo de pacientes com síndrome gripal.

“A UBS vai ser exclusiva para pacientes com algum sintoma de gripe ou suspeita de COVID-19 e a Estratégia de Saúde da Família (ESF) agora atenderá os demais serviços”, explica.

Além destas estratégias, o município tem higienizado constantemente, com hipoclorito de sódio, prédios e locais com grande circulação de pessoas. Conscientização dos moradores e campanhas nas ruas também tem sido desempenhadas pelos agentes de saúde.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17) 98104-5704

Visitas: 10617745
Usuários Online: 27
Copyright (c) 2020 - Acorda Catanduva