Regiao

Mulher denuncia agressão por companheiro lutador de artes marciais com chutes e socos em Urupês

Segundo a vítima, agressões foram registradas na madrugada deste sábado (22). Suspeito foi preso e alegou que mulher se jogou do carro em movimento.

Publicada em 24/02/20 às 11:55h - 1169 visualizações

por Por G1 Rio Preto e Araçatuba.


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Mulher sofreu corte na cabeça com agressões em Urupês.  (Foto: Foto: Arquivo Pessoal)

Uma mulher de 35 anos denunciou que foi espancada pelo companheiro que é lutador de artes marciais, na madrugada deste sábado (22), na Rua Barão do Rio Branco, em Urupês (SP). Segundo a polícia, ele negou as agressões e afirmou que os ferimentos foram causados após a mulher se jogar do carro.

Ainda de acordo com a polícia, uma equipe foi acionada para ir até a casa da mãe do suspeito, onde a vítima tinha ido se esconder. No local, a polícia encontrou o homem exaltado e a mulher com ferimentos na cabeça e dores no pulso e maxilar.

Questionada, a vítima afirmou que foi agredida com socos e chutes pelo homem, que ainda quebrou o celular dela.

Ele negou as agressões e disse que estava no carro com a companheira, quando ela resolveu abrir a porta do passageiro e se jogou para fora.


A polícia afirma que o homem não permitiu que os policiais se aproximassem dele e, por isso, foi chamado reforço. Foi dada voz de prisão ao suspeito, que foi levado para o Plantão Policial e, na sequência, encaminhado para a cadeia pública de Novo Horizonte.

Contudo, acabou sendo liberado na audiência de custódia para ser investigado por lesão corporal, ameaça, violência doméstica e dano em liberdade.

Ainda conforme a polícia, mesmo com a liberdade, a Justiça ordenou que o homem tenha o recolhimento domiciliar, das 20h de um dia até as 7h do dia seguinte, além de permanecer recolhido em sua residência, durante 24 horas, nos feriados e fins de semana, e comparecimento bimestral em juízo.

Para a vítima, a Justiça determinou medidas protetivas, como o afastamento do autor do lar e proibir que ele se aproxime dela e familiares com limite máximo de 200 metros, além de não manter contato por qualquer meio.







ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (17) 98104-5704

Visitas: 10617724
Usuários Online: 15
Copyright (c) 2020 - Acorda Catanduva